Cemitério Protestante

Cemitério Protestante

Roma pode abrigar o Vaticano, mas nem todo mundo que aqui vive – ou morre – é católico. Na verdade, com os muitos viajantes ingleses indo por Roma ao Grand Tour, seguido por muitos escritores e artistas que se mudaram para Roma ao longo dos anos, um cemitério para os não-católicos tornou-se necessário. O primeiro enterro no Cemitério Protestante de Roma foi em 1738. Ele também é comumente chamado de Cemitério dos Ingleses, embora o nome oficial atualmente seja "Non-Catholic Cemetery", com sepulturas para quem não é católico – não apenas protestantes ou ingleses. Claro que o apelido de "Cemitério dos Ingleses" é compreensível, considerando-se alguns dos túmulos localizados aqui. Os mais famosos são John Keats (1821) e Percy Bysshe Shelley (1822). Outros túmulos notáveis incluem o do poeta norte-americano Gregory Corso, o do filósofo italiano Antonio Gramsci, e os dos filhos de ambos Goethe, e de Percy e Mary Shelley.

Para mais informações, Clique Aqui.